Práticas e cômodas, as cápsulas de café se tornaram febre em todo o mundo. Porém, seu uso gera grandes impactos ambientais, considerando-se que o utensilio geralmente não é descartado corretamente.

Pensando em oferecer uma experiência mais sustentável aos seus consumidores, a empresa brasileira Orfeu Cafés Especiais criou cápsulas biodegradáveis e compostáveis. A produção já vem sendo comercializada há quase dois anos.

Resultado de uma extensa pesquisa, as cápsulas são produzidas a partir de um bioplástico, não possuem alumínio, bisfenol A (composto utilizado para fazer plásticos) e nem transgênicos. Além disso, são compatíveis com as máquinas de café Nespresso.

Ao serem descartadas como lixo orgânico, demoram cerca de quatro meses para se biodegradarem. Outras alternativas para seu descarte são as composteiras domésticas ou elétricas.

O produto é o primeiro no Brasil a receber o Rótulo Ecológico ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), programa de rotulagem ambiental brasileiro que certifica que a mercadoria é a opção mais ecológica em comparação aos concorrentes no mercado.

Fonte: Recicla Sampa